Agende-se / Dica de segunda / Uncategorized

Dica de Segunda: Cursos e oficinas gratuitas em São Paulo

Dica

*Por Beatriz Farias

As Dicas estão oficialmente de volta! Para começar o ano com consciência e arte pra todo lado (além de celebração à cidade) aqui vai a lista de oficinas que rolam nesse primeiro semestre do ano.

Todas as atividades são gratuitas, mas recomendamos entrar em contato com a instituição para checar possíveis alterações na programação.

MapaTodasAsZonasSP

 

4

 

OFICINA DE CRIAÇÃO DE MÁSCARAS E FIGURINO DE CARNAVAL

29 de janeiro de 2016 (15h às 16h)

Os participantes, de forma coletiva irão poder criar a parti dos elementos carnavalesco utilizando materiais, tais como tecidos, cartolina, lantejoulas, penas, tintas entre outros.  Confeccionando máscaras, estandarte e figurino. A intenção é ao final do processo de construção sair em cortejo pelo CCJ.

Livre para todos os públicos. Não é necessário fazer inscrição.

CCJ – Centro Cultural da Juventude “Ruth Cardoso” | Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha

 

OFICINAS DE CIRCO NO CCJ

O CCJ por meio do projeto Espaço Aberto de Circo oferece 6 turmas em diversos horários. As técnicas circenses promovem o desenvolvimento das capacidades físicas, tais como força, equilíbrio, coordenação motora e flexibilidade. Também contribuem no aprendizado de importantes habilidades como saltar, correr, aterrissar, arremessar, rolar, agachar, pular, entre outras.

Crianças, de 7 a 13 anos | Inicio: 02/03 Turma 1 | quartas e sextas, das 10h às 11h30 Turma 2 | quartas e sextas, das 14h às 15h30

Adultos, acima de 14 anos | Técnicas Circenses | Inicio: 16/02 Turma 3 | terças e quintas, das 14h às 17h

Adultos, acima de 14 anos | Aéreos | inicio: 16/02 Turma 4 | quartas e sextas, das 17h às 19h Turma 5 | quartas e sextas, das 19h15 às 21h15

Inscrições a partir de 26/01 na recepção do CCJ, durante o horário de atendimento. É obrigatório na inscrição assinar o Termo de Responsabilidade para crianças e jovens menores de 18 anos. Em caso de preenchimento das turmas, haverá lista de espera. Chamadas de vagas remanescentes por ordem de inscrição, lembrando que para a permanência no curso serão observadas presença e pontualidade.

CCJ – Centro Cultural da Juventude “Ruth Cardoso” | Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha

 

3

MIGRAÇÕES, EXÍLIOS E REFÚGIOS: SÃO PAULO, BRASIL E OUTRAS PARAGENS

com Eduardo Araújo 28 de janeiro, 4, 11 e 18 de fevereiro (19h30 às 21h30)

“Um percurso de leitura de poemas, contos e letras de canções de autores brasileiros impactados pela experiência migrante. Estes encontros propõem realizar um percurso literário pelo sentido político, emocional e poético das migrações para São Paulo e outras metrópoles, e também analisar o sentimento do brasileiro fora de seu país e o impacto desse trânsito em sua criação.” Inscrições na recepção da Casa das Rosas. Com certificado digital.

Casa das Rosas |Av. Paulista, 37 – Bela Vista

OCUPAÇÃO – DERIVAS URBANAS: COMPARTILHAMENTO DE SUBSTÂNCIAS

Com Coletivo Rubro Obsceno e Coletivo Teatro Dodecafônico

9 e 16 de março _ quartas-feiras (15h às 18h)

Encontros para andar sem um trajeto definido a priori. As derivas terão instruções ou procedimentos criados pelos participantes desses encontros, na busca por perceber como a relação mulheres, performance e gênero se apresenta no entorno. Serão também realizadas duas performances que estabelecem relação com a comunidade do entorno: “O que te prende, mulher?”, do Coletivo Rubro Obsceno, e “Jogo de Perguntas: Responda sim ou não”, do Coletivo Teatro Dodecafônico. Pede-se apenas a confirmação da presença pelo e-mail teatrododecafonico@gmail.com informando nome completo, telefone e idade.Local: arredores da Oficina Cultural Oswald de Andrade; o ponto de encontro para saída dos participantes será a própria Oficina.

Oficina Cultural Oswald de Andrade | Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

DRAMATURGIA COREOGRÁFICA E DIREÇÃO Com Ricardo Gali (Companhia Perversos e Polimorfos)

11 de fevereiro a 31 de março _ quintas-feiras (14h às 18h) Estudantes e artistas da dança, com ou sem experiência. +16 Grupo de estudos para o público interessado nos procedimentos aplicados nos processos criativos da Companhia Perversos e Polimorfos, especialmente no que concerne a dramaturgia e direção.

Para fazer sua inscrição clique aqui.

Oficina Cultural Oswald de Andrade | Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

 

ABERTURA DE PROCESSO ARTÍSTICO Com key zetta e cia.

15 a 24 de março _ terças e quintas-feiras (20h)

Processo criativo que inclui a apresentação de estudos de movimento de cada um dos atuais integrantes do grupo. Estes estudos surgem para intensificar as singularidades de cada um a partir da pesquisa comum e os modos de experimentar e criar seu próprio processo.

Atividade aberta. 40 lugares por apresentação (retirar senhas com 30 minutos de antecedência na Unidade).

Oficina Cultural Oswald de Andrade | Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

 

TREINO CORPORAL COMPARTILHADO Com key zetta e cia. 1 de março a 24 de março _ terças e quintas-feiras (14h30 às 17h30) Artistas da dança, teatro e estudantes das artes do corpo. +16

Oficina de treinamento e pesquisa de movimento. O grupo coordena esta oficina com foco nas práticas realizadas durante seu último processo criativo.

Para fazer sua inscrição clique aqui.

Oficina Cultural Oswald de Andrade | Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

 

MULHERES, PERFORMANCE E GÊNERO

Com Coletivo Teatro Dodecafônico e Coletivo Rubro Obsceno

9 a 23 de março

Ocupação artística que visa discutir a relação entre mulheres, performance e gênero, criando laboratórios de compartilhamento de materiais e reações a eles (performances e intervenções criadas em resposta aos materiais compartilhados). Cada participante (que poderá ser de ambos os sexos, cis ou trans) compartilhará nesse ambiente textos teóricos e poéticos ou obras de outras performers, apresentando vídeos ou fotos para ativar uma ou mais reações. As reações poderão ser criadas em suportes variados – performances, intervenções urbanas, instalações, jogos coletivos etc.– e ser realizadas tanto nas dependências da Oficina Oswald de Andrade quanto em seus arredores.

Oficina Cultural Oswald de Andrade | Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

 

DRAMATURGIA DO CORPO

Com Eduardo Okamoto

12 de março (14h às 18h) Atores e bailarinos amadores e profissionais das artes interessados em reconhecer o potencial expres. +16 Oficina de criação teatral a partir do corpo do ator em ação. Apresenta estímulos para a dramaturgia de ator: a ação como material; a observação de pessoas e situações reais; seleção e combinação de materiais; e o trabalho com o texto.

Para fazer sua inscrição clique aqui.

Oficina Cultural Oswald de Andrade | Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

 

VESTÍGIOS Com Marta Soares

3 a 19 de março _ quinta-feira a sábado (20h) “Vestígios” tem como principal característica a interseção entre as linguagens da dança, vídeoinstalação e performance. A partir dos aspectos monumentais e sagrados dos sambaquis, sítios indígenas pré-históricos encontrados no litoral do Brasil, a obra propõe uma reflexão sobre a necessidade de trazer à tona as forças de criação e resistência que operam através do corpo vibrátil, em um exercício intenso do sensível.

Atividade aberta. Duração: 60 minutos. Classificação: Livre. 40 lugares por apresentação (retirar ingressos com 30 minutos de antecedência na Unidade)

Oficina Cultural Oswald de Andrade | Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

 

MULHERES CRIADORAS – PROCESSOS E ESPAÇOS

Com Manoela Miklos e Carolina Bianchi

4 de fevereiro (19h às 21h30)

Interessados em geral. +16

Artistas com trabalhos autorais em diferentes linguagens conversam sobre seus processos criativos e como percebem a representatividade feminina no panorama atual.

Para fazer sua inscrição clique aqui.

Oficina Cultural Oswald de Andrade | Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

 

EPIFANIAS URBANAS

Com ciadasatrizes e Núcleo Mirada

27 de fevereiro (14h)

Intervenção urbana que consiste em um desafio ou um comentário poético sobre as grandes cidades. Uma tentativa de modificar o significar ou as expectativas do senso comum quanto ao cotidiano em que “nada acontece” em meio a tantas informações. Um deslocamento na rotina urbana, um momento simples que acaba por revelar, a quem quiser observar, uma inusitada revelação chamada aqui de epifania: apontamento para o extraordinário contido dentro daquilo que é considerado uma banalidade do cotidiano.

Duração: 60 minutos. Classificação: livre. O ponto de encontro para saída dos participantes será na Oficina.

Oficina Cultural Oswald de Andrade | Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

 

ENTRE-FRONTEIRAS ARTÍSTICAS

Com ciadasatrizes

27 de fevereiro, 19 de março e 30 de abril (17 às 19h)

Artistas, educadores e interessados em artes integradas.

Ciclo de encontros mensais com artistas e pensadores cujos trabalhos estejam em diálogo entre fronteiras artísticas: performance, dança, teatro, artes plásticas e intervenções urbanas. Na primeira etapa acontecerão três encontros para discutir teatro-performativo e os seus entrecruzamentos com questões sobre o feminismo e os movimentos emancipatórios.

Para fazer sua inscrição clique aqui.

Oficina Cultural Oswald de Andrade | Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

 

ARTES PERFORMATIVAS E INTERCULTURALIDADE – ZONA DE CONTATO E TRANSFORMAÇÃO Com Victor Kanashiro

16 de fevereiro (19h às 21h30)

Palestra que discutirá a questão dos refugiados da imigração, tanto no Brasil quanto na Europa, que coloca desafios e possibilidades ligados ao contato intercultural. A partir da experiência de um workshop de criação teatral com um grupo de refugiados nigerianos, o Biloura abre-se à reflexão: quais são as possibilidades de contribuição das artes performativas para os contatos interculturais? quais são as possibilidades de contribuição dos processos interculturais para as artes performativas?

Para fazer sua inscrição clique aqui.

Oficina Cultural Oswald de Andrade | Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

 

RISCA – LABORATÓRIO DE DANÇA CONTEMPORÂNEA

23 de fevereiro a 10 de março _ terça e quinta-feira (10h às 13h)

O laboratório RISCA aproxima as diferentes etapas do processo criativo na dança contemporânea a fim de compartilhar não só técnicas e estudos, mas também estratégias e metodologias da pesquisa e criação em dança, tendo como disparador a técnica de dança contemporânea Passing Through*.

Passing Through (Passando Através) é uma técnica de dança contemporânea e composição instantânea criada por David Zambrano (Venezuela/ Holanda) que convida o corpo a se movimentar de forma dinâmica sempre atravessando o espaço. A técnica tem como resultado uma composição em tempo real onde praticamos constantemente a adaptabilidade do corpo a fim de criar conexões complexas, flexíveis e imprevisíveis.

Sesc Bom Retiro | Alameda Nothmann, 185 – Bom Retiro

 

5

COMO “SENTIR” UM FILME? Com Christian Petermann 17 de fevereiro a 30 de março _ quartas-feiras (19h às 21h30)

Interessados em artes, crítica e história do cinema. +18

Serão abordados aspectos específicos da produção cinematográfica, como direção de fotografia e de arte, trilha sonora e montagem. Os participantes deverão assistir a longas-metragens específicos, em domicílio ou em cartaz nos cinemas, para exercício coletivo de crítica. Em aula, serão exibidos curtas-metragens para análise e discussão.

Para fazer sua inscrição clique aqui.

OC Casa Mário de Andrade | Rua Lopes Chaves, 546 – Barra Funda

 

HISTÓRIA, CULTURA E GÊNERO Giovanna Pezzuol Mazza e Stella Maris Scatena Franco Vilardaga 9 a 30 de março _ quartas-feiras (18h30 às 21h30) Interessados em cultura e gênero. +18

Apresentação dos resultados das pesquisas sobre a atuação de mulheres latino-americanas em diversos âmbitos da produção cultural, nos séculos XIX e XX, do Grupo de Pesquisa em Gênero e História da USP. Serão desenvolvidas atividades coletivas com leitura e interpretação de textos e imagens. 9/3 – Gênero & História 16/3 – Mulheres nas artes plásticas 23/3 – Literatura e imprensa 30/3 – Escritas de si e gênero

OC Casa Mário de Andrade | Rua Lopes Chaves, 546 – Barra Funda

 

2

FOTOGRAFIA: UMA CÂMERA, UM SORRISO – A CIDADE EM MOVIMENTO Com Julio Maya 3 de fevereiro a 13 de abril (10h às 13h) Terceira idade. Estudo estético da fotografia urbana, com aulas teóricas e práticas, o participante irá criar um projeto coletivo por meio de saídas fotográficas enfocando o entorno da unidade.

15 vagas. Inscrições: 19 a 2/2. Seleção: primeiros inscritos na unidade.

OC Alfredo Volpi | Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera

 

ATUA DANÇA: CRIAÇÃO EM DANÇA-TEATRO Com Maira Fanton 4 de fevereiro a 14 de abril (14h às 17h) Estudantes de artes cênicas e artes do corpo. +14

Serão utilizados elementos teatrais, improviso, técnicas de dança contemporânea e contato-improvisação para investigar movimentos no jogo cênico, para potencializar os repertórios corporais e criativos de cada indivíduo, dando consciência e autonomia para atuar com sua própria dança em qualquer situação.  20 vagas. Inscrições: 19 a 28/1. Seleção: aula aberta no primeiro encontro.

OC Alfredo Volpi | Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera

 

A COLAGEM COMO LINGUAGEM Com Anike Laurita 12 de fevereiro a 8 de abril (14h às 17h)

Estudantes de artes visuais, artistas amadores e demais interessados. +14

Apresentação da colagem como técnica e como linguagem, estimulando uma prática com o uso de materiais cotidianos como revistas, jornais e papéis artísticos. Experimentos inspirados nas colagens produzidas pelos movimentos dadaísta e surrealista servirão de base para o participante criar um projeto poético individual. 12 vagas. Inscrições: 19/1 a 1/2. Seleção: carta de interesse que deverá ser preenchida na unidade.

OC Alfredo Volpi | Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera

 

“RETROSPECTIVA CINEMA LGBT BRASILEIRO 1995-2015: O CINEMA QUE OUSA DIZER SEU NOME” Com Lufe Steffen 2 de fevereiro a 23 de março_quartas-feiras (20h às 21h30) +16

Serão quatro sessões e 27 curtas-metragens, todos dirigidos por realizadores brasileiros – e todos apresentando temáticas ligadas ao universo LGBT. A mostra tem curadoria do cineasta e jornalista Lufe Steffen. O projeto é patrocinado pelo edital “Manifestações Culturais com Temática LGBT” do ProAC – Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo.

25 lugares (retirar ingresso com 30 minutos de antecedência)

OC Alfredo Volpi | Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera

 

1

POPULAÇÃO NEGRA: CULTURA E SOCIEDADE

Com Dennis de Oliveira, Eunice Ap. de Jesus Prudente e mediação de Eugênio Lima

27 de janeiro (19 às 21h30)

Nesta conversa, os convidados Dennis de Oliveira e Eunice Ap. de Jesus Prudente debaterão com o público as propostas de ações afirmativas e as que estão vigentes para a população negra, problematizando as manifestações do racismo em nossa sociedade contemporânea.

Praça de Eventos

Sesc Vila Mariana | R. Pelotas, 141 – Vila Mariana

 

FEMINISMO NEGRO

Com Djamila Ribeiro, Patrícia Anunciada e mediação de Roberta Estrela D’Alva

3 de fevereiro (19h às 21h30)

Na conversa, Djamila Ribeiro e Patricia Anunciada conversam com o público sobre a atuação dos movimentos ativistas e feministas negros, atualizando e revitalizando as pautas, e apresentando as reivindicações e desafios frente à sociedade contemporânea. A conversa será mediada por Roberta Estrela D´Alva.

Sesc Santo Amaro | R. Amador Bueno, 505 – Santo Amaro

 

RODAS DE DANÇA CIA. BRASÍLICA

Aulas abertas que abordam, dentro das temáticas de roda e manifestação popular, jogos, danças e vivência de folguedos. As aulas serão guiadas por 1 professor e 3 dançarinos, acompanhadas por música ao vivo, com 4 músicos de diferentes especialidades, de acordo com o tema do dia. O professor contextualizará as manifestações abordadas – origem, lendas, histórico, cantos –, proporá jogos rítmicos e demonstrará os movimentos característicos de cada modalidade.

15H ÀS 16H30 • Dia 6 – Afoxé e Afro

  • Dia 7 – Caboclinhos (Perré, Baiano e Guerra)
  • Dia 8 – Maracatu (Nação e Rural)
  • Dia 9 – Frevo e Capoeira

Sesc Santo Amaro | R. Amador Bueno, 505 – Santo Amaro

 

SOUL E FUNK DANCE

20 de fevereiro (19h)

Aula aberta e interativa de passos marcados inspirada nos estilos Soul/Funk e Disco, com grande influência do programa da TV norte-americano “Soul Train”, Social Dances (dança social) das décadas 1960, 1970 e 1980.

Sesc Campo Limpo | Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120 – Campo Limpo

 

WORKSHOP GUMBOOT DANCE L

28 de fevereiro (14h)

Introdução às técnicas do Gumboot Dance em uma experiência de diálogos culturais entre a África do Sul e o Brasil.

Gumboot é um estilo de dança da Africa do Sul que nasceu no século XIX, nas minas de ouro e diamante. Trabalhadores vindos de 7 povoados distintos da África, falantes de 7 dialetos diferentes, criaram uma forma de se comunicar através das batidas nas botas, que usavam ao explorarem as minas. Essas batidas evoluíram para uma dança, que chega ao público por meio da pesquisa do bailarino e coreógrafo Rubens Oliveira.

Sesc Campo Limpo | Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120 – Campo Limpo

 

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s