Questão de Opinião / Recortes! / Uncategorized

O recorte de todo dia que é meu, é seu, é nosso

Copy of Entrevistas

*Por Talita Guimarães

Abril de 2016. Estou em São Paulo para lançar Recorte!, meu segundo livro, em rodas de conversa mediadas pela Meiri aqui do Armazém. Venho de São Luís-MA acompanhada de minha irmã Talissa e nossa amiga Aury.

Caminho pela cidade apreendendo os sentidos de estar aqui, interessada em sentir a vida paulistana que pulsa intensamente sem cessar.

Com o encontro entre o livro e o público estabelecido, um novo portal de experiências espaço-temporais-sensoriais se abre. E recortes luminosos me são oferecidos pela energia de estar nesta cidade acompanhada de pessoas gentis e sensíveis ao momento que vivemos.

IMG-20160420-WA0005

É a Aury quem me fornece um recorte em flor, belo e luminoso, para dialogar sobre o estar entre São Luís e São Paulo apreendendo os recortes que pulsam lá e cá mostrando que somos todos um só país, um só continente, um só planeta. Uno, embora as armadilhas do terreno minado das conspirações humanas queiram nos provar o contrário.

Ao lembrarmos do Engraxate descalço retratado entre os personagens reais de Recorte!, nos damos conta dos tantos personagens da mesma natureza que existem em nossas cidades. Nos perguntamos o que fazer por eles além de contemplar sua existência com o afeto que nesse caso carrega o sentido de sentir-se afetado, tocado, comovido por algo. Para além do discurso cristão de amor ao próximo, indagamo-nos desesperamente pelo gesto que efetiva a lição que já sabemos de cor.

E então Aury compartilha conosco à mesa do café da manhã, um recorte vivido por ela e seus amigos em São Luís, que é também meu, seu, nosso. Certa vez, ao precisar de material para confeccionar vestes para encenação da Via Sacra em seu bairro, os amigos da igreja coletaram pedaços de papelão encontrados em uma calçada alheios ao fato que aquelas folhas de papelão eram a cama e o cobertor de um morador de rua.

Passado um breve espaço de tempo, descobriram que o homem procurara por suas folhas de papelão, sem saber que haviam sido levadas por alguns jovens que a transformariam na materialização da Palavra em plena Semana Santa.

Comovidos e aturdidos pela situação complexa em que se envolveram, aqueles jovens cristãos foram atingidos pela oportunidade preciosa de materializar a palavra encenada em narrativa da vida real.

E aqui peço licença para exclamar que graças a Deus, foi exatamente isso que eles fizeram mobilizando-se para levar colchonete, cobertor e mantimentos para aquele morador de rua de quem eles tiraram, sem querer, o pouco que tinha.

Nina

Emociono-me profundamente com esse relato porque ele nos diz muito sobre a forma como os aparentes desenredos do destino nos enredam dia após dia. E sobre o quanto é preciso estar atento ao que nos contorna e envolve, lançando-nos não raro aos olhos dos furacões que desestabilizam nossas cidades e a vida em sociedade.

Estamos em abril de 2016, em pleno contexto político de um país, que imaturo, se divide em um momento crucial quando o que mais se precisa é levar a sério a própria trajetória para não recair nos erros gravíssimos de nosso passado político.

Recortes e não-recortes de São Luís pulsam cá em São Paulo vivíssimos, assim como espreitam a gente ferozmente sensível em todos os cantos desse mundo. Sejam nas páginas de um livro ou nas esquinas das cidades. Que estejamos com os poros abertos para senti-los pulsando aqui, dentro de cada um de nós também o suficiente para sentir-se parte e agir com responsabilidade e amor. Afinal, ­de-vez-em-sempre­ é só de um olhar de mais carinho e respeito que cada um de nós precisa para suportar viver nesse mundo.

Agradecimentos especiais à Aury Castro por compartilhar sua experiência e permitir que ela fosse trazida aqui para esse nosso álbum virtual de recortes no Armazém de Cultura.

 


Talita Guimarães (1)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s