Questão de Opinião / Recortes! / Talita Guimarães / Uncategorized

Recorte: Tio Paulinho

Recorte

*Por Talita Guimarães

– Por que essa menina tá me chamando de Paulinho? – meu tio-avô Paulo Magalhães perguntou carinhosamente, sorrindo, após ler a dedicatória no livro que eu havia acabado de lhe dar de presente.

– Porque cresci ouvindo mamãe chamar os tios assim, de Paulinho, Luizinho… – expliquei – Para mim, o senhor é o tio Paulinho. – falei com simplicidade olhando para o alto a fim de vê-lo no rosto, afinal o tio-avô em questão era mesmo um gigante, tanto que não por acaso muita gente o chamava era de Paulão.

18.Tio Paulinho

Arte: Talita Guimarães

A ocasião era preciosa: minha visita à família no Rio de Janeiro em 2012, quando fui recebida pelos tios-avôs com um delicioso almoço no bairro de Campo Grande. Lá, pude abraçar também as primas e as filhinhas das primas. E desfrutar de uma tarde aconchegante em uma casinha cheia de avós, na companhia de três gerações da família. Um sonho.

Lembro-me especialmente de tio Paulinho porque nesse encontro ele se destacou pelo bom humor e por lembrar a todos que o cardápio do dia era coisa que ele só comia quando a irmã, minha tia-avó Pinda, preparava: dobradinha. Ele adorava o prato, segundo pude notar em sua voz empolgada ao destampar a panela. Ver o tio inocentemente feliz me alegrou porque me fez crer que minha visita estava valendo a pena, afinal estava dando um motivo para reunir a turma toda em uma quarta-feira de setembro para comer uma boa dobradinha carioca.

Quase dois anos depois, retornei ao Rio, dessa vez acompanhada de mamãe, para rever os parentes. Há exato um mês*, em 24 de maio, ganhamos um sábado de chuva fina em Campo Grande aquecido por mais um reencontro com a família materna. E lá estava Tio Paulinho, grandalhão e divertido, contando histórias e elogiando a comida, dessa vez feijoada.

Nina

Mostrei-lhe fotos de mamãe cantando e ele, que era músico, reclamou que queria mesmo era ver um vídeo em que pudesse ouvir mamãe cantar. Então eu disse que providenciaria algo para uma próxima vez.

Neste 24 de junho descubro que já não haverá próxima vez. Tio Paulinho nos deixou no fim da tarde, na partida do sol. Leva consigo o carinho de cada um de nós; a saudade de quem conviveu muito e pode desfrutar de sua companhia e amizade e de quem como eu conviveu pouquíssimo, mas o suficiente para não esquecer do abraço caloroso e das observações bem humoradas.

Curiosamente, ontem eu e minha irmã lembrávamos dele despretensiosamente. Enquanto víamos um vídeo de um show ao vivo em que o artista saudava o pai dançando no meio da plateia, lembramos do disco ao vivo gravado pelo tio Paulinho há muitos anos e que embalou muitos bailinhos de bonecas minhas e de Talissa. Em certo trecho do disco, tio Paulinho ou tio Luizinho, não sabemos bem qual dois porque eles cantavam juntos, falava algo como “tem um trio dançando ali atrás, que legal!”. E nós que já conhecíamos o disco de trás pra frente, botávamos três bonecas para dançar esperando a hora que o artista as saudaria.

Felizmente, tive a chance de compartilhar essa memória de infância com Tio Paulinho em 2012 e após umas boas risadas, desconfiar que ele talvez tivesse entendido que havia estado presente na infância das sobrinhas-netas maranhenses, através de sua música.

Hoje, sinto vontade de ouvir aquele disco com Talissa. Daqui de onde estamos, saudamos nosso tio: “tem uma estrela gigante brilhando no céu essa noite, que legal!”.

Descanse em paz, tio Paulinho.

 *Texto escrito em 24 de junho de 2014 em memória do meu tio-avô materno Paulo Magalhães.


Recorte 1

One thought on “Recorte: Tio Paulinho

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s