Questão de Opinião

1Resenha Por Dia: Carolina (Sirlene Barbosa e João Pinheiros)

Especial de Resenhas - 2 anos AC


*Por Meiri Farias

“Com os dedos calejados, segura tocos de lápis como e fossem facas e escreve com vigor, letras de sangue e beleza.”

A capa da HQ Carolina, de Sirlene Barbosa e João Pinheiros mostra a escritora coberta por letras. Intencional ou não, a bela edição da Veneta, possibilita um prelúdio do que é a história da escritora que melhor descreveu a favela. Carolina Maria de Jesus escreveu “Quarto de Despejo” contando a vida na favela e colocando seus pensamentos no papel. Esses pensamento foram descobertos pelo jornalista Audálio Dantas, que na época apurava uma matéria para o jornal Folha da Noite (hoje Folha de São Paulo) e deu visibilidade a obra de Carolina, o que resultou na publicação do livro e popularização da escritora.

13312830_1612839959029572_7460613182769894634_n

A HQ reúne o apurado trabalho de pesquisa de Sirlene e o desenho sensível de João. Com ampla referência bibliográfica, Sirlene joga luz sobre a história da escritora, que embora tenha se tornado famosa na época e traduções em diversos países, sempre esteve em um espaço marginalizado da literatura nacional. Negra, pobre e favelada, Carolina usava suas letras para contar a Canindé, muitas vezes expondo os malfeitos de seus vizinhos e as confusões que geravam. Era rejeitada na favela e fora dela e cinquenta anos depois, ainda não tem sua obra valorizada e alçada aos clássicos da literatura.

Se por um lado, a preocupação em apresentar uma biografia precisa é louvável, por outro, a HQ transmite a sensação de correr em alguns trechos e se alongar desnecessariamente em outros. É apenas um pequeno incômodo, que não chega a prejudicar realmente o fluxo da leitura. A HQ é muito coerente e apresenta uma um retrato da escritora até encontrar o sucesso e talvez seja justamente a coerência e linearidade que provoque certo desconforto. Carolina é uma HQ linda, inteligente e necessária, mas não se arrisca muito dentro do quadrinho. Entrega o que promete e arte é belíssima, mas embora o tema seja inovador, caberia mais ousadia em sua apresentação.

617335-400x600-1carolinarafe_pg_04-cópia

Resgatar artistas que desafiem uma norma de intelectualidade branca e elite é valorizar a diversidade de narrativas e possibilidades que um país plural como o nosso abriga. Em tempos de discussão sobre os direitos das minorias políticas, precisamos questionar o porquê de não lermos Carolina na escola, o porquê de não conhecermos sua obra em profundidade.

650x375_carolina-de-jesus_1653085


 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s