Recortes!

Recorte: Bem-aventurados os que emanam a paz

Recorte


*Por Talita Guimarães

img-20161115-wa0003

Arte: Talita Guimarães

São Luís -MA, 08 de novembro de 2016. Terça-feira. Segundo dia da 10ª Feira do Livro de São Luís. Sigo viagem no meu ônibus completamente absorta na divulgação da programação do dia nas redes sociais. Respondo tuítes, curto fotos marcadas, convido amigos pelo WhatsApp, compartilho postagens no Facebook, envio fotos do encontro com a Thalita Rebouças (sim! mediei uma roda de conversa com ela e foi fenomenal! <3). Ufa! Respiro e levanto a cabeça. Só então me dou conta de que se passaram quarenta minutos e ainda estou presa em um engarrafamento muito longe da metade do caminho para o trabalho.

Retorno ao celular para enviar uma mensagem antecipando meu atraso para minha chefa e é quando um artista latino embarca no ônibus. Perco sua apresentação, distraída com a mensagem de trabalho e quando volto minha atenção para ele já está explicando sua missão no mundo: ser um instrumento do amor de Deus na Terra.

nina-3

Só então me dou conta de que o artista com seu tambor, uma mochila, uma cesta artesanal feita com rolinhos de jornal envernizados e um rosário de 108 contas pendurado no pescoço é Hare Krishna. Seu português é carregado de sotaque hermano, confirmado quando ele fala de como pode ser difícil para um argentino abandonar o consumo de carne em virtude de uma crença espiritual.

Enquanto ele nos conta sobre sua viagem ao redor do mundo ao longo das últimas duas décadas cantando mantras, meditando e compartilhando mensagens e atitudes de amor e esperança (ele ensina crianças das periferias a fabricarem seus próprios brinquedos!) penso no quão importantes são as pessoas que dedicam a vida a rezar e emitir sentimentos de amor ao mundo.

Como que pra confirmar minha intuição, ele fecha os olhos, tamborila a pele sintética de seu rebolo e entoa um mantra que preenche o ônibus, enquanto os passageiros em silêncio acompanham seu gesto. Eis que o ônibus para e nossa atenção é desviada para o lado de fora, onde uma confusão na calçada de uma loja de esquadrias envolve polícia, funcionários e curiosos. Nosso irmão Hare Krishna continua cantando e tocando de olhos fechados, alheio ao caos urbano e acho tal imagem de uma beleza fortíssima visto que um policial embarca no ônibus para uma verificada de olho entre nós e todos ficam inquietos. O policial desce sem dizer palavra nem abordar ninguém, nosso ônibus segue, todos voltam a ouvir o cântico e então ele abre os olhos verdíssimos e nos sorri. É como ver a face da paz.
Bem-aventurados os que semeiam a esperança porque são aqueles que emanam ao mundo a dose necessária de amor.


Recorte 1

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s