Recortes!

Do final feliz que não entrou na história

Logo Recorte*Por Talita Guimarães

1e631264-dd08-43e5-a040-6107bf52ca03

Arte: Talita Guimarães

“Eu não sabia que essa história tinha um final feliz”, disse-me Filipe, após me ouvir contar casualmente o desfecho de uma memória de infância enquanto preparávamos pipoca e sanduíches na cozinha de sua casa. É que eu acabara de lhe contar o que aconteceu no dia seguinte ao que perdi meu copinho cor-de-rosa no ônibus escolar, lá pelos meus seis anos de idade.

Na qualidade de leitor de Recorte!, Filipe tivera acesso apenas à breve narrativa que se encerrava abruptamente na tragicômica cena em que minha versão infantil, de lancheira aberta no meio da rua de casa, grita “Manhêêêê, eu perdi o meu copinho!” para uma perplexa versão de minha querida mãezinha Carmen, à minha espera no portão.

Nunca antes havia me ocorrido que os leitores não têm acesso ao desfecho dessa história verídica. Tampouco que alguns deles não percebem de imediato que se trata de uma memória de infância minha.

Mais de um ano depois do lançamento do livro, sou alertada disso pela surpresa aliviada de Filipe ao ouvir a história toda, cujo final feliz, por uma escolha estilística, não entrou no livro.

Na esperança de não ter matado a esperança de uns tantos outros leitores, levados a crer (longe da minha vontade mais sincera) estarem diante de um desfecho trágico, revisito abaixo a crônica “O Copinho” (Recorte!. Pod Editora, 2015) adicionando à versão original o feliz e verdadeiro final:

Guardo canetas secas e lascas de lápis apontados cujas voltas parecem flores. Cada um se apega com as chaves que melhor guardam lembranças.

Suco de maracujá tem cheiro de jardim de infância. Lembra história do tempo do pré-escolar. Fecho os olhos ao sentir esse cheiro de lancheira com biscoito de aveia, suco de pozinho e um copinho cor-de-rosa, quadrado.

         Fim de tarde. Saída das aulas. Ônibus escolar. Seis anos de idade. Passeio de deixar coleguinhas em casa. Guardava um pouco do recreio na lancheira amarela, grande e quadrada. Biscoitos de aveia mordidos e alguns goles de suco. Distrai com a paisagem na janela. Aproxima a hora de descer. Uma curva e fecha a lancheira com pressa. Algo cai no chão e ela percebe. Perninhas penduradas e nenhum tempo de descobrir o que terá escorregado para baixo do assento da frente. Esquina da rua de casa. Mãe esperando na porta. Aos tropeços, anda pelo corredor do ônibus. Uma sensação de algo deixado para trás aperta o peito. O ônibus para na esquina. Desce com angústia. Tudo acontece muito rápido: abre a lancheira – o ônibus parte – vasculha potes e restos, falta-lhe algo – o ônibus já vai longe na outra esquina – olha a mãe a esperar na porta de casa – paralisa na esquina e grita: “maaaanhêêêê, perdi o meu copinhoooo!”.

         A perplexidade risonha no rosto da mãe rapidamente cede lugar à medida emergencial. Coloca a criança pra dentro de casa e ouve em detalhes o que aconteceu. Da gaveta mágica da cozinha, faz surgir uma nova companhia: um copinho redondo e amarelo, capaz de desfazer toda agonia.

         No dia seguinte, logo no embarque, a tia do ônibus escolar a recebe com um sorriso diferente no rosto: das mãos, um quadrado copinho cor-de-rosa ressurge como coisa que nunca se perdeu. Só escapulira temporariamente do desembarque para, quem sabe, ir além na viagem.

          Enquanto isso, lá da sala onde a TV nos espera ligada: Messi faz mais um de seus golaços pelo Barça.

Com carinho, para Filipe e todos os leitores que desejaram um final feliz para o recorte do Copinho.


Perfil Talita

One thought on “Do final feliz que não entrou na história

  1. Que amor essa estoria. Sempre que releio meu coraçao se enche de saudades da doce menina e sua infancia sadia e felis. Linda como sempre .te amo. Bjinhos no coraçao.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s