Recortes! / Talita Guimarães / Uncategorized

Recorte: Conto urbano das meninas e seus dragões

*Por Talita Guimarães Era uma vez uma moça cansada do caos urbano, que todos os dias lhe proporcionava cenas lamentáveis no ônibus a caminho do trabalho. Num dia faltou quase para tomar um banho de estilhaços de vidro da janela que um rapaz em surto esquizofrênico dentro do ônibus quebrara atrás dela. No outro, escapou … Continue reading

Recortes! / Talita Guimarães / Uncategorized

Recorte: Do Avesso

*Por Talita Guimarães Quando começo a ler “Sagitário” no letreiro do ônibus onde se lê “São Cristóvão” já sei que só uma pessoa pode me ajudar. Ele mesmo, um oftalmologista. E se tem um médico que eu gosto de visitar é esse! Suspeito que seja porque não costuma envolver dor e sim a possibilidade de renovação do olhar com a atualização do grau … Continue reading

Recortes! / Talita Guimarães

Recorte: Aconteceu!

*Por Talita Guimarães Deitada atravessada em minha cama, flexiono o joelho esquerdo apoiando o pé na beira, jogo a perna direita pra cima encontrando apoio na porta do armário e encaro o teto. A luz está acesa. O esmalte na unha, úmido. É noite de domingo. Os marcadores do relógio digital escapam aos poucos das 20h.   Minha mãe entra no quarto … Continue reading

Recortes! / Talita Guimarães / Uncategorized

Recorte: Faz de conta

*Por Talita Guimarães Domingo de eleições municipais. Saio da minha zona eleitoral e caminho pelas ruas pensativa sobre a situação política do país, quando vejo um garotinho catando santinhos do chão. No braço leva uma sacola de plástico onde vai engordando sua mais nova coleção.   Lembro que quando criança fiz muito isso também, acompanhando meus pais até suas zonas eleitorais. De repente … Continue reading

Recortes! / Talita Guimarães / Uncategorized

Recorte: O tempo morto vive

*Por Talita Guimarães No cinema e nas narrativas em geral há um lance de chamar de “tempo morto” os pedaços da história em que nada acontece e que podem ser suprimidos da trama. Comumente, sinto pena desses recortes rejeitados das histórias, embora entenda sua não-função narrativa. Penso que na vida não temos como suprimir nossos incontáveis “tempos … Continue reading

Recortes! / Talita Guimarães / Uncategorized

Recorte: Os melhores presentes do mundo

*Por Talita Guimarães Quando completei nove anos, meus pais prepararam uma festa de aniversário surpresa pra mim. A primeira festa surpresa da minha vida, com direito a balões coloridos, bolo, docinhos e refrigerantes. Lembro tão bem da emoção que senti ao chegar da escola e tomar um susto com a sala decorada, que até posso … Continue reading