Música em Sampa

Armazém Música

 * Por segurança aconselhamos a confirmar as informações no site oficial de cada evento (que está linkado no título), não nos responsabilizamo por possíveis alterações 

 Programação oficial da prefeitura

Mais informações aqui

Palco Zona Oeste

End.: Largo da Batata

24/01

14h – Fanta Konatê |  15h30 – Ilú Oba de Mim | 16h30 – Negro Léo | 18h – Patife Band | 19h30 – Alice Caymmi | 21h15 – Dona Onete

25/01

14h – Pérola Negra | 15h – Nômade Orquestra | 16h – Jazz in Roots  | 16h30 – Chucrobillyman | 17h – Metá Metá | 19h – Nação Zumbi

Apresentação: Catarina Dee Jah

Performances
Keröáska – formado por: Kaloan Meenochite, Pilantröpóv e Diego Monte Alto

Projeções
– Luiza Šø
– Gregorio Gananian e Gabriel Kerhart
– Bruno Nogueira

Luzes
– Paulinho Fluxus

Palco Zona Leste
End.: Parque Linear Rio Verde – Rua Tomazzo Ferrara, s/nº

24/01

13h – Rafael Castro  | 14h – The Dead Rocks| 15h – Mama Gumbo | 16h30 – Jonnata Doll
18h – Tigre Dente de Sabre | 20h – Pitty

Intervalos: Daniel Belleza

25/01

Apresentador: MC Fernando Macário

13h40 – Carolina Soares | 14h40 – Paula Lima convida Velha Guarda do Camisa Verde e Branco | 16h10 – Parábola | 17h – FL&Maskot | 18h – Lei Di Dai | 19h20 – De Menos Crime
21h – Tribo de Jah

Abertura e Intervalos: Capoeira União dos Palmares / Samba-Rock – Aula

Palco Zona Sul
End.: Av. do Arvoeiro, s/n, Pq das Arvores, Grajaú

24/01

14h – Iara Rennó | 15h30 – Tarântulas e Tarantinos | 17h – Odair José | 18h45 – Golpe de Estado | 21h – Ira

Intervalos: DJ Don KB

25/01

Abertura – Capoeira
14h – Grupo Recepção | 15h15 – Carlos Dafé | 17h – Thaíde convida Detentos do Rap | 18h30 – Pagode da 27 convida Sombrinha | 19h45 – Almir Guineto

Intervalos: Costa Senna

Palco Zona Norte

End.: Final da Av. Engenheiro Caetano Álvares (Alt. Do nº 7.000) – Santana.

24/01

Apresentador: Lenda ZN

13h – Planta e Raiz | 14h – Núcleo Pavanelli de Teatro de Rua e Circo | 15h – Jica Y Turcão
15h30 – Karina Buhr | 16h30 – Vivendo do Ócio | 17h30 – Dance of Days | 18h30 – Dead Fish | 19h30 – Diabos Mutantes | 20h – Krisiun

25/01

Apresentador: Lenda ZN

12h – Quilombo Hi Fi  | 13h – Jr. Dread | 14h30 – Maneva | 15h30 – Inventivos | 16h30 – Green Team + Rincon | 17h30 – Sombra | 18h45 – Flora Matos | 20h – Leandro Lehart
21h – Baile do Simonal

Centro

Centro Esportivo e de Lazer Tietê
End.: Avenida Santos Dumont, 843 – Luz

Dia 25

16h – Clube do Balanço e Jorge Ben Jor

 

Orquestra Brasileira de Música Jamaicana 

Idealizada pelo músico e produtor Sergio Soffiatti e pelo trompetista Felippe Pipeta, a orquestra apelidada de OBMJ mistura música jamaicana de raiz (ska, rocksteady e early reggae) com clássicos da música brasileira, resultando num clima envolvente e dançante. O grupo convida ao palco o cantor e compositor de rap e hip-hop B Negão.

25 de janeiro (dom), 19h – Auditório Ibirapuera (Ingressos devem ser retirados uma hora e meia antes do espetáculo)

Lavagem da Mão de Oscar Niemeyer traz sambistas ao Memorial

A partir das 14h horas do dia 25 de janeiro, um domingo, inicia a concentração de 40 ritmistas da Bateria Furiosa, em frente ao Auditório Simón Bolívar. Ao lado deles, os destaques são Nelson Coelho, os Soberanos Mestres Sala e Porta Bandeira (Gabi e Vivi), as Tias Baianas e as Passistas. Às 15h40, ao som de Partido Alto instrumental, sai o cortejo de cerca de 150 carnavalescos pela Praça da Sombra em direção à Passarela. O Desfile atravessa a Passarela com desenvoltura e vai até a Mão, na Praça do Sol. As Tias Baianas então lavam simbolicamente (na verdade, aspergem) a Mão com Água de Cheiro.

Depois da lavagem, os sambistas e o público vão até uma tenda próxima para uma rodada do tradicional Samba de Mesa. Estarão presentes os compositores Ideval Anselmo, Zelão, Aírton Santa Maria, Nelson Primo e o Grupo Samba na Feira. É nessa hora que momentos importantes do samba paulistano serão narrados pelo sambista Gabriel Martins, embaixador do samba de Sampa e vice-presidente da Federação das Escolas de Samba do Estado de São Paulo. Aliás, Gabriel Martins é o Gabi que, ao lado da sua esposa, forma o Soberano Casal de Mestre Sala e Porta Bandeira “Gabi & Vivi”.

25 de janeiro (dom), 15h40 – Memorial da América Latina (Gratuito)

 Orquestra do Theatro São Pedro

O primeiro concerto de 2015, apresentado pela Orquestra do Theatro São Pedro, será realizado em comemoração ao aniversário da cidade de São Paulo. O espetáculo terá a presença do maestro Luiz Fernando Malheiro.

25 de janeiro (dom), 11h – Theatro São Pedro (Gratuito)

 

Orquestra Instituto GPA

A Orquestra Instituto GPA é composta por 30 jovens entre 12 e 21 anos, selecionados entre os estudantes do Programa de Música, uma iniciativa de inclusão social do Instituto GPA que desde 1999 já atendeu mais de 4.500 crianças. A Orquestra por sua vez, já se apresentou cerca de 650 vezes, sempre regida por Daniel Misiuk.

O repertório do concerto no MCB explora tanto a vertente clássica da música de câmara, com peças de Mozart e Vivaldi, quanto arranjos para temas dos Beatles e cantigas do Villa-Lobos, entre outros.

25 de janeiro (dom), 11h – Museu da Casa Brasileira (gratuito)

 

Conexão Cultural São Paulo | Transforma SP MIS

14h às 16h30 | área externa – Karaokê na Praça – Projeto inspirador que visa ocupar a cidade de São Paulo da melhor com muita música. É um karaokê itinerante, com o objetivo de ocupar locais públicas, gratuitamente, para todo mundo ouvir (e cantar, claro).

12h às 14h | área externa – Jazz na Kombi – Um grupo de estudo que promove o Jazz na rua, seu lugar de origem. A ideia é compartilhar descobertas com o público, que passa a interferir na paisagem sonora.

17h | Auditório – Memórias De Um Caramujo – A banda surgiu em 2007, e desde então tem desenvolvido um trabalho de composição, arranjo e interpretação de canções autorais. Com dois CD lançados, o grupo tem se apresentado nas principais casas de show de São Paulo.

20h | Auditório – @Charlie e Charlie & Os Marretas – Formada em 2009, a banda foi inspirada pela sonoridade e atitude do funk dos anos 70. Através de uma vasta pesquisa do gênero e de seus derivados, aliada aos anos de estrada, Charlie e Os Marretas desenvolveu um estilo próprio aplicado na gravação do seu primeiro disco, lançado em maio de 2014. O resultado é uma combinação voltada para as pistas, que remete aos saudosos tempos dos bailes black.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s