Abre Aspas

Agridulce: Compreensão e representatividade em um ambiente hostil

*Por Meiri Farias 2015 é o ano da desconstrução. Esse processo já vem acontecendo há alguns anos, mas durante esse ano a necessidade de me desconstruir diariamente tornou-se urgente. Creio que de uma forma ou de outra, estamos sujeitos a situações de afastamento e privilégio, das mais diversas natureza. O problema é quando uma determinada … Continue reading

#1anodeArmazém / Abre Aspas / Música

Abrigação: Rio que deságua no caos da cidade

* Por Meiri Farias com colaboração de Beatriz Farias Escutando durante a madrugada – o horário mais lúcido que tenho – a gravação da entrevista que fizemos com Angelo Mundy no início dessa semana, fiquei tão envolvida fazendo anotações que levei um susto quando o áudio foi interrompido pela música “Dois, um” que era o … Continue reading