Cinema / Especial Oscar 2015 / Questão de Opinião

Selma: É preciso atravessar a ponte

* Por Meiri Farias Assisti Selma um dia depois de ver Sniper Americano e alguns minutos depois de terminar a resenha. Os tiros ainda ecoavam na lembrança, seguido pelo contraste entre a indignação ideológica e tentativa de não contaminar (muito) o conteúdo da resenha. Selma é um filme muito mais brutal que Sniper. Não me refiro … Continue reading

Cinema / Especial Oscar 2015 / Questão de Opinião

Sniper Americano: O tempo contado em tiros

* Por Meiri Farias É preciso avisar: tenho um leve preconceito em relação a filmes de guerra.  E onde se lê preconceito, não significa repúdio imediato, mas literalmente conceitos pré estabelecidos que me levam a prever (e geralmente discordar) dos caminhos escolhidos para contar a história. Com Sniper Americano não seria diferente. Digo isso para deixar … Continue reading

Cinema / Especial Oscar 2015 / Questão de Opinião

Grande Hotel Budapeste: Uma experiência cinematográfica em camadas

* Por Gilberto Teixeira O filme de Wes Anderson é daquelas narrativas que tem uma estrutura complexa de vários círculos concêntricos ou se preferirem de histórias dentro de histórias que nos deixa tontos. Há um escritor que nos conta como chegou a história de um de seus livros mais famosos ouvindo o velho dono de um … Continue reading

Cinema / Especial Oscar 2015 / Questão de Opinião

Birdman: A decadência da indústria de entretenimento

* Por Jussane Pavan Birdman, ganhador do Oscar de 2015, é o olhar crítico e minucioso do diretor Alejandro Iñarritu sobre a vida dentro da indústria do entretenimento e como ela destrói as pessoas e suas relações. O filme retrata o impasse psicológico de um ator que viveu com a fama hollywoodiana de ter interpretado um … Continue reading

Cinema / Especial Oscar 2015 / Questão de Opinião

Boyhood: Uma história sobre a vida

* Por Alessandra Nunes Dizer que em Boyhood nada acontece é um erro. Não, não acontecem grandes reviravoltas como na maioria dos blockbusters atuais, o que acontece neste filme é vida. Boyhood levou doze anos para ser gravado, todos reuniam-se de três a quatro vezes por ano para filmar, e pode ter certeza que faz … Continue reading